PSOL quer explicação de Shannon sobre espionagem

O líder do PSOL na Câmara dos Deputados, Ivan Valente (SP), deve protocolar nesta quarta-feira, 10, um pedido na Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional para envio de convite ao embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Thomas Shannon, para que o diplomata compareça na Casa. O requerimento pede esclarecimentos sobre as suspeitas de que telefonemas e transmissões de dados de empresas e cidadãos brasileiros foram alvos de espionagem americana.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

09 de julho de 2013 | 16h25

O deputado, que é membro da Comissão, alega que as informações divulgadas "são gravíssimas e demonstram a total vulnerabilidade a que está submetida a privacidade de milhões de brasileiros". Apesar de o País estar em processo de discussão sobre um Marco Civil para a Internet, o parlamentar enfatiza no requerimento que é preciso tomar medidas contra "essas ações que violam o Direito Internacional", a "soberania brasileira" e o direito à privacidade dos cidadãos brasileiros.

Nesta segunda, 8, o presidente da Comissão, deputado Nelson Pellegrino (PT-BA), divulgou nota rechaçando a "prática atentatória à legislação interna e às normas de convivência entre as nações". No texto, Pellegrino anunciou que o assunto será discutido nesta quarta em reunião do grupo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.