PSOL quer convocar Amorim sobre resgate boliviano

O líder do PSOL na Câmara e membro da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Casa, deputado Ivan Valente (SP), afirmou ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, que vai protocolar um requerimento para pedir a convocação do ministro da Defesa, Celso Amorim, para explicar a participação de militares brasileiros na operação que trouxe o senador boliviano Roger Pinto Molina ao Brasil. Valente também defende a convocação de representante do Itamaraty e da Polícia Federal para esclarecer o ocorrido.

RICARDO DELLA COLETTA, Agência Estado

26 de agosto de 2013 | 21h50

Para o líder do PSOL, o episódio foi "grave" uma vez que o encarregado de negócios da embaixada na capital boliviana, Eduardo Saboia, não tinha autonomia para tomar a decisão de trazer o senador ao Brasil. "Molina (senador Roger Pinto Molina) tinha um status de asilado. O próprio funcionário o transformou num fugitivo."

Perguntado sobre sua avaliação da saída de Antonio Patriota, Valente disse que era preciso esperar por mais informações. "Resta saber qual foi a conduta dele (no episódio)."

Tudo o que sabemos sobre:
Antonio PatriotaPSOL

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.