DIda Sampaio|Estadão
DIda Sampaio|Estadão

PSOL prepara representação na PGR contra Maranhão

Assinada pelo deputado Chico Alencar (RJ), a petição solicita a apuração da denúncia de que o presidente interino da Câmara fraudou contas eleitorais na campanha de 2010

Daiene Cardoso, O Estado de S.Paulo

02 de junho de 2016 | 16h05

 

BRASÍLIA - O PSOL da Câmara dos Deputados vai ingressar com uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente interino da Casa, Waldir Maranhão (PP-MA). Assinada pelo deputado Chico Alencar (RJ), a petição solicita que a PGR apure a denúncia de que Maranhão declarou à Justiça Eleitoral a venda de um imóvel, em São Luís, para pagar a campanha de 2010, mas a transação nunca teria sido efetivada, uma vez que o deputado ainda mora na casa.

A revelação de que Maranhão teria fraudado contas eleitorais foi feita pelo jornal O Globo. Segundo o jornal, Maranhão utilizou R$ 821,7 mil na campanha para se reeleger deputado, sendo que R$ 557,6 mil foram de seu próprio bolso. Chamou a atenção do Ministério Público Eleitoral o fato do deputado ter declarado possuir patrimônio de R$ 16,5 mil.

Alencar também prepara uma consulta ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O deputado perguntará se o fato da denúncia se referir à campanha de mandato anterior gera automaticamente o arquivamento de ação para investigação eleitoral de contas desaprovadas e se as provas colhidas no âmbito destas investigações, mesmo que haja arquivamento do caso, podem ser enviadas ao Ministério Público.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.