Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

PSOL pede explicações sobre convite para grupo de empresários instalar escritório de lobby

O pedido assinado pela bancada do partido diz que, se confirmado o convite, 'trata-se de fato gravíssimo de improbidade administrativa'

Camila Turtelli, O Estado de S.Paulo

02 de abril de 2019 | 21h01

BRASÍLIA – O PSOL protocolou um pedido de informações na Câmara para o ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre matéria publicada no Estado do último domingo, 31, que trata do convite da Secretaria da Previdência para que um grupo de empresários utilize espaço físico localizado no edifício do Ministério da Economia como um escritório de lobby em prol da reforma da Previdência.

“Se confirmado o convite, trata-se de fato gravíssimo de improbidade administrativa decorrente da violação dos princípios constitucionais da administração pública (art. 37 da Constituição Federal)”, diz o pedido do PSOL assinado pela sua bancada.

Na reportagem, o presidente do movimento Brasil 200, grupo formado por empresários, Gabriel Rocha Kanner, diz que a Secretaria da Previdência ofereceu um espaço para que o grupo participe da elaboração de ajustes à proposta. A ideia é formar uma aliança com o governo para a troca de informações, tanto sobre adaptações do texto quanto à possibilidade de aprovação. O Ministério da Economia foi procurado pela reportagem e negou a concessão de espaço físico, mas confirma a parceria em dados. 

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.