PSOL faz protesto contra voto secreto no caso Renan

Parlamentares do PSOL fizeram hoje de manhã um ato de protesto, no Senado, contra a proposta de se fazer por voto secreto o julgamento, hoje, do primeiro processo aberto no Conselho de Ética do Senado contra o presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), acusado de pagar contas pessoais com dinheiro do lobista de uma empreiteira.O líder do PSOL na Câmara, deputado Chico Alencar (RJ), e o senador do partido José Nery (PA) exibem faixas e cartazes em defesa do voto aberto. Uma das faixas diz: "Fim do voto secreto. Quero saber como meu representante vota". Outros parlamentares do partido, como os deputados Luciana Genro (RS) e Ivan Valente (SP), mostram cartazes vermelhos com a inscrição "Voto aberto já".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.