Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

PSOL e Raiz lançam plataforma colaborativa para programa de governo de Erundina

Em evento de lançamento da ferramenta, a deputada e seu futuro companheiro de chapa na Prefeitura de São Paulo, Ivan Valente, devem apresentar também uma versão inicial do documento com as diretrizes

Ana Fernandes, O Estado de S.Paulo

09 de junho de 2016 | 20h12

O PSOL e a Raiz - projeto de partido ainda em formação - vão lançar neste sábado, 11, uma plataforma digital colaborativa para embasar o programa de governo da candidatura da deputada Luiza Erundina à Prefeitura de São Paulo.

A deputada e seu futuro companheiro de chapa, também deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP), estarão no evento, a ser realizado na quadra do Sindicato dos Bancários, às 14h, na região central da capital paulista. "A plataforma digital colaborativa que embasa a construção do programa será lançada e permitirá mais interatividade e participação aberta da população", afirmou a assessoria de comunicação da Raiz em nota.

Segundo a assessoria, no evento, será apresentada também uma versão inicial do documento com as diretrizes do programa de governo.

Erundina foi a primeira prefeita mulher da maior cidade do País, entre 1989 e 1993. Ela foi do PT e, mais recentemente do PSB, partido que deixou por desentendimentos ideológicos. O PSOL e a Raiz - projeto de partido ainda em formação - vão lançar neste sábado, 11, uma plataforma digital colaborativa para embasar o programa de governo da candidatura da deputada Luiza Erundina à Prefeitura de São Paulo.

A deputada e seu futuro companheiro de chapa, também deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP), estarão no evento, a ser realizado na quadra do Sindicato dos Bancários, às 14h, na região central da capital paulista. "A plataforma digital colaborativa que embasa a construção do programa será lançada e permitirá mais interatividade e participação aberta da população", afirmou a assessoria de comunicação da Raiz em nota.

Segundo a assessoria, no evento, será apresentada também uma versão inicial do documento com as diretrizes do programa de governo.

Erundina foi a primeira prefeita mulher da maior cidade do País, entre 1989 e 1993. Ela foi do PT e, mais recentemente do PSB, partido que deixou por desentendimentos ideológicos e para, em seguida, lançar o projeto da Raiz. Inspirado em movimentos como o Podemos, da Espanha, e o Syriza, da Grécia, a Raiz pretende ser um partido baseado nos conceitos do bem comum, do bem viver e do ecossocialismo. O projeto do partido começou com integrantes que abandonaram o projeto da Rede Sustentabilidade de Marina Silva, em especial, após a aliança de Marina com Aécio Neves no segundo turno da eleição de 2014.

Assim como o PSB fez com a Rede de Marina para as eleições de 2014, o PSOL abrigou de forma "solidária" os integrantes da Raiz para que estes possam participar do pleito deste ano antes de a Raiz conseguir o número de assinaturas para se formalizar como novo partido no País.

Em abril, o PSOL e a Raiz anunciaram oficialmente a pré-candidatura de Erundina com Valente na vice. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.