PSOL desiste de entrar já com representação

O PSOL recuou e desistiu de entrar ontem com representação no Conselho Ética do Senado contra o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). A ex-senadora e atual vereadora de Maceió Heloísa Helena, que passou o dia em Brasília, anunciou que o partido pretende encaminhar o pedido na próxima quarta-feira. Até lá, o partido espera conseguir assinaturas para a instalação de uma CPI sobre os 663 atos secretos editados ao longo dos últimos 14 anos e os contratos de prestação de serviço e de pessoal assinados no mesmo período no Senado.Além da coleta de assinaturas, o PSOL também teria adiado a representação porque, segundo resolução de 2008, Sarney poderia ser obrigado a se afastar do cargo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.