Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

PSDC oficializa candidatura de Eymael à presidência

Esta é a quarta vez que Eymael se candidata ao Palácio do Planalto

Luís Lima, Agência Estado

29 Junho 2014 | 16h37

O Partido Social Democrata Cristão (PSDC) formalizou neste domingo, 29, em convenção nacional, em São Paulo, a candidatura do ex-deputado federal José Maria Eymael à presidência da República. Esta é a quarta vez que Eymael se candidata ao Palácio do Planalto. As outras vezes foram em 1998, 2006 e 2010.

Entre as principais diretrizes do partido, Eymael destacou o estabelecimento de uma política nacional de segurança pública e uma redução drástica no número de ministérios. "O presidente não consegue coordenar o atual número de pastas", disse, em entrevista ao Broadcast Político, serviço em tempo real da Agência Estado. Mas, segundo ele, dois ministérios seriam fundamentais: o da Segurança Pública e o da Família.

Eymael também reforçou que, no Estado de São Paulo, o PSDC apoia o candidato tucano ao governo, Geraldo Alckmin, e que terá candidato próprio ao Senado. "Definiremos o nome nos próximos dias", disse.

"Estou muito motivado para realizar a nossa proposta, que é a do Brasil que temos para o Brasil que queremos e podemos", afirmou. "O embasamento de toda nossa visão é a de fazer cumprir a Constituição."

Mais conteúdo sobre:
eleições PSDC Eymael

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.