PSDB se une a Brizola para tentar instalar CPI do Waldomiro

O presidente do PSDB, José Serra, e o líder do partido o Senado, Arthur Virgílio Neto, se reuniram hoje com o presidente do PDT, Leonel Brizola, para discutir uma nova estratégia para instaurar uma CPI que possa investigar o ex-assessor do ministro José Dirceu Waldomiro Diniz.Virgílio disse que a oposição quer descobrir se Waldomiro Diniz, que foi flagrado pedindo propina ao bicheiro Carlos Ramos, agiu a mando de alguém. Para ele, o PT se contradiz ao dizer que "Waldomiro não tem importância", mas "move mundos e fundos" para impedir a CPI. "Ele tem importância e certamente existe alguém por trás dele. Quero saber o alguém ou se tem mais de um alguém nesta história", afirmou o senador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.