PSDB reúne lideranças em Maceió

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) protagoniza neste sábado, 21, em Maceió, o primeiro grande encontro regional do PSDB com lideranças e governadores do Nordeste. Formatado para ser o lançamento extraoficial de sua candidatura presidencial na região, o evento conta com a presença de prefeitos, deputados e governadores do PSDB.

PEDRO VENCESLAU, ENVIADO ESPECIAL, Agência Estado

21 de setembro de 2013 | 12h36

"Mais que um novo presidente, nós teremos um presidente novo no ano que vem. Levaremos juntos o Aécio à presidência do Brasil", afirmou o senador paraibano Cássio Cunha Lima. "O PSDB se solidifica com a liderança de Aécio", discursou o senador paulista Aloysio Nunes. "Alguém duvida de que o senador Aécio será o novo presidente do Brasil?", questionou Tasso Jereissati ao microfone.

Considerado por tucanos como responsável pelo sucesso eleitoral do PT no Nordeste, o programa Bolsa-Família foi atacado pelos tucanos. "Para nós o Bolsa-Família é o ponto de partida, para o PT é o ponto de chegada", disse Aécio.

Questionado sobre a saída do PSB - partido do governador de Pernambuco, do Eduardo Campos - do governo Dilma, Aécio sinalizou que acredita em uma aproximação mais direta a partir de agora. "O PSDB e o PSB têm uma boa relação política em vários Estados do Brasil, a começar por Minas Gerais. Eu tenho uma boa relação pessoal com o governador Campos. A saída do PSB do governo se deu pela percepção de que o ciclo do PT está acabando. Dou boas-vindas ao Eduardo Campos", disse o senador tucano.

Mais conteúdo sobre:
PSDBMaceió

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.