PSDB responde a Ciro Gomes

A Comissão Executiva do PSDB divulgou nesta sexta-feira à tarde nota à imprensa respondendo às críticas do ex-governadorCiro Gomes ao presidente Fernando Henrique Cardoso e ao ministro da Saúde, José Serra.Intitulada "O que a ´carta´ de Ciro Gomes omite sobre o Brasil", a nota acusa o político cearense, candidato a presidente pelo PPS, de ter feito "ataques histriônicos ecaluniosos" ao governo.A direção tucana responde à carta em que Ciro acusava o governo de arrogante e de submetê-lo a "contrangimento antidemocrático"."Em sua carta, o Sr. Ciro Gomes volta a demonstrar o destempero, o falso moralismo e ademagogia que tornaram comum compará-lo ao ex-presidente Fernando Collor".A nota afirma ainda que Ciro "é um ex-jovemarenista partidário ardoroso do mesmo governo militar que atropelava os direitos humanos (daqueles a quem hoje critica, como opresidente Fernando Henrique Cardoso e o ministro José Serra) e agora, convertido em ´pós-comunista´, tem um discursosemelhante ao do sempre truculento ex-senador Antônio Carlos Magalhães".A direção do PSDB responde ainda às críticasfeitas à política econômica e social do governo pelo candidato do PPS enumerando as realizações que foram expostas durante acomemoração dos sete anos do Plano Real.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.