PSDB recorre ao TRE para reaver mandato de vereadores

O Diretório Municipal do PSDB ingressou na terça-feira com pedido no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) para tentar reaver o mandato dos seis vereadores que pediram desfiliação da sigla, após impasse em torno da composição da Executiva Municipal. A ação impetrada baseia-se em determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), de 2007, que reconhece que o mandato político é do partido pelo qual o candidato foi eleito, e não do ocupante do cargo.

GUSTAVO URIBE, Agência Estado

27 de maio de 2011 | 19h10

No pedido, o PSDB alega que os parlamentares deixaram a legenda sem motivação e que, atualmente, encontram-se sem partido. O presidente municipal do PSDB em São Paulo, Julio Semeghini, ressalta que a sigla agiu conforme determinação da Justiça Eleitoral e que a iniciativa não tem como objetivo retaliar os vereadores egressos. "Não há nada contra ninguém, não há nada contra nenhum nome", disse. "Nós estamos até trabalhando para que eles voltem para o partido", acrescentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.