PSDB rebate Pimentel e diz que petista esconde partido

O diretório estadual no PSDB em Minas Gerais rebateu as críticas feitas pelo candidato ao governo do Estado Fernando Pimentel (PT), em discurso com lideranças do PT e de sua base aliada realizada no início da tarde de hoje em uma casa de eventos na região Centro Sul da capital mineira. Em nota enviada ao Broadcast Político, o presidente do PSDB-MG, deputado federal Marcus Pestana, diz estar impressionado com a "arrogância e a deslealdade do candidato com os mineiros".

SUZANA INHESTA, CORRESPONDENTE, Estadão Conteúdo

16 de setembro de 2014 | 21h57

"Primeiro, ele esconde na sua propaganda de rádio e TV que pertence aos quadros do PT. Segundo, tenta ao máximo aproximar sua imagem de Aécio e se fazer passar por aliado do candidato do PSDB", declarou, no comunicado. Com relação às falas do petista as quais indicam que o Estado estaria em situação de abandono, Pestana questiona: "O que Fernando Pimentel quer dizer quando fala que Minas está em situação crítica? Que o Estado tem o melhor ensino fundamental do Brasil e a melhor saúde do Sudeste, e quarta do País, segundo atestou o próprio governo federal do qual o candidato faz parte?"

O presidente do PSDB-MG também rebate o discurso de Pimentel quando indica, sem citar nomes, que "é arrogância de que se pode governar Minas de longe, lá da beira do mar, lá de Ipanema, do Leblon", uma referência indireta ao presidenciável Aécio Neves (PSDB). "Se a referência ao Leblon é o senador Aécio Neves, alguém precisa avisá-lo Pimentel de que Aécio já não é governador de Minas há quatro anos, embora nunca tenha deixado de defender os interesses dos mineiros e dos brasileiros no Senado Federal. Ao contrário de Fernando Pimentel que, quando ex-ministro do Desenvolvimento Indústria e Comércio da presidente Dilma Rousseff, virou as costas para Minas Gerais e faz parte de uma equipe que está levando o País à recessão", afirmou.

Coincidências

Pestana também menciona, na nota, coincidências entre Pimentel e Aécio. Dentre elas, disse que no primeiro semestre a propaganda de Aécio mostrava o pré-candidato em uma van viajando pelo País com o slogan "Vamos Conversar" e que o petista utiliza dessa mesma iniciativa, falando que é importante conversar com as pessoas; que Aécio criou primeiro o blog "Aécio mineiro brasileiro e depois Pimentel lançou o jingle "Pimentel mineiro brasileiro"; que o tucano fez o slogan "Fiz em Minas e vou fazer no Brasil" e que o petista passou a assinar em seus programas "Fiz em BH e vou fazer em Minas".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.