PSDB questiona na Justiça Eleitoral "campanha antecipada" de Lula

O PSDB protocolou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) quatro representações acusando o presidente Lula de fazer campanha eleitoral antecipada. Segundo os tucanos, Lula está transformando cerimônias oficiais em comícios e tem de ser multado. Um dos fatos questionados pelo PSDB foi o discurso de sábado, na inauguração da ponte que liga o Brasil ao Peru, no Acre, que seria propaganda eleitoral extemporânea. Lula disse: ?Nós fizemos, em poucos anos, para a integração da América do Sul, mais do que tantos em um século.? O presidente também agradeceu ao governador Tião Viana pelo abaixo-assinado pedindo que se candidate.Outra representação contesta a cerimônia de assinatura de convênios para saúde no Rio, no dia 20, quando Lula criticou o prefeito de São Paulo, José Serra. Mais um fato questionado pelo PSDB ocorreu também no dia 20, durante entrega de medalha comemorativa dos 30 anos do Inmetro, na qual Lula comparou sua administração às anteriores.Na última representação, os tucanos questionam a distribuição, no início do mês, de mais de um milhão de exemplares de publicação sobre as realizações da administração federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.