PSDB quer estabelecer clima interno de "confiança"

O secretário geral da Presidência, Aloysio Nunes Ferreira, disse que no jantar de ontem à noite com o presidente Fernando Henrique Cardoso e integrantes do PSDB, foi discutida a necessidade de reuniões mais freqüentes entre os parlamentares do partido. "Ficou combinado que é preciso amiudar esses encontros para que se possa entrosar mais as figuras do partido. Devemos conversar mais para criar um clima interno de confiança e não de disputa", disse Aloysio. Segundo ele, o governador do Ceará, Tasso Jereissati, estava presente ao encontro. "Tasso estava tranqüilo e preocupado com a coesão do partido", comentou o ministro.Os ministros da Educação, Paulo Renato, e da Saúde, José Serra, não participaram do jantar de ontem porque estavam viajando. No jantar, segundo Nunes Ferreira, também se conversou sobre a situação do PSDB e a atuação partidária levando em consideração a modificação do quadro político no Congresso, a partir da definição da nova mesa da Câmara e do Senado.As conversas, segundo ele, também giraram em torno da indicação do novo presidente do partido - que será escolhido no dia 15 de maio - que deve ter um perfil que compreenda uma boa capacidade de articulação interna, autoridade para que possa conduzir o partido com confiabilidade, e que a Executiva do partido seja formada por nomes de maior densidade política.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.