PSDB quer definir vice em uma semana

O PSDB espera que o pré-candidato José Serra invista no processo de definição da escolha do vice até a semana que vem. A expectativa é ir para a convenção do partido, no dia 12, já com um nome definido.

ADRIANA CARRANCA, ANA PAULA SCINOCCA, JULIA DUAILIBI, Agência Estado

03 de junho de 2010 | 09h11

Uma reunião com os líderes dos principais partidos aliados - DEM e PPS - está marcada para discutir a composição política da aliança com o PSDB, passado o feriado de Corpus Christi. Ontem, a cúpula tucana se reuniu por pelo menos três horas, no Instituto Fernando Henrique Cardoso, para tratar do assunto e pedir "brevidade" na decisão.

Durante o encontro, tucanos defenderam mais "descentralização" e "discussão" sobre decisões cruciais da campanha. Também falaram sobre os palanques estaduais e decidiram ser necessário mais empenho em alguns Estados, como o Rio de Janeiro, terceiro maior colégio eleitoral do País, onde Dilma Rousseff (PT) abriu 17 pontos de vantagem, segundo o Ibope.

Diante das negativas de Aécio sobre aceitar a candidatura a vice, aumentou no partido a ideia de que o cargo deve ser dado para o DEM. O nome do deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA) está em discussão, assim como o do senador José Agripino Maia (DEM-RN). Como o senador tem uma reeleição praticamente certa, tucanos ponderam que seria ruim perder a cadeira para adversários e que o melhor talvez fosse mantê-lo no Senado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
sucessãoPSDBvice

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.