PSDB pode ter chapa pura em Sorocaba (SP)

Antonio Carlos Pannunzio anunciou intenção de disputar prefeitura e partido avalia nome do vereador José Francisco Martinez para vice

José Maria Tomazela, de O Estado de S.Paulo

07 de abril de 2012 | 15h28

SOROCABA - Com a decisão do ex-deputado federal Antonio Carlos Pannunzio de se apresentar como candidato do PSDB à prefeitura de Sorocaba, o partido pode ter chapa pura na cidade. Está cotado para ocupar a candidatura a vice-prefeito o atual presidente da Câmara, vereador José Francisco Martinez (PSDB).

Pannunzio, que já foi prefeito de Sorocaba na década de 1990, acaba de deixar a presidência do Memorial da América Latina, em São Paulo, com o propósito de disputar a prefeitura. Os outros pré-candidatos do partido, a deputada estadual Maria Lúcia Amary e o atual vice-prefeito José Ailton Ribeiro, abririam mão de suas pretensões para evitar a realização da prévia, uma das exigências do provável candidato.

Pannunzio disse que ainda aguarda a decisão do partido. No entanto, a saída da presidência do Memorial sinaliza que seu nome já obteve a anuência da cúpula tucana na região e no Estado. "Converso com o governador (Geraldo Alckmin) há algumas semanas sobre a candidatura", disse o candidato. Em outras ocasiões, Alckmin tinha deixado explícita sua preferência pelo nome da deputada Maria Lúcia, considerada com mais chances de enfrentar nas urnas o candidato do PMDB, Renato Amary, seu ex-marido. Amary já foi prefeito e deputado federal pelo PSDB, mas trocou de partido após se desentender com o atual prefeito de Sorocaba, o tucano Vítor Lippi. Outras candidaturas definidas em Sorocaba são a da ex-deputada federal Iara Bernardi, pelo PT, e do atual vereador Hélio Godoy, pelo PSD.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.