PSDB paulista pede punição para Arruda

O diretório estadual doPSDB paulista pediu nesta segunda-feira que seja instaurado procedimento disciplinar contra o senador José Roberto Arruda (PSDB-DF), queadmitiu nesta segunda-feira ter participado da quebra de sigilo da votação que cassou o ex-senador Luiz Estevão.A comissão executiva dodiretório estadual reuniu-se nesta segunda-feira na sede do diretório, em São Paulo, para avaliar o caso.Em nota oficial, a comissão divulgouque é a favor da punição com rigor, se comprovado seu envolvimento.Estavam presentes na reunião, os deputados federaisZulaiê Cobra Ribeiro, Antonio Carlos Panuzzio e Júlio Semeghini; os deputados estaduais Duart e Nogueira, Rodolfo Costa eSilva, Célia Leão e Walter Feldman (presidente da Assembléia Legislativa). Leia abaixo a íntegra da nota:"O diretório estadual do Partido da Social Democracia Brasileira do Estado de São Paulo,através de sua comissão executiva reunida nesta segunda-feira, diante das declarações do senador José Roberto Arruda, nadata de hoje no plenário do Senado, admitindo sua participação na quebra de sigilo do voto naquela Casa legislativa resolve, porunanimidade, recomendar ao diretório nacional, em razão da sua competência estatutária, que instaure procedimento disciplinarvisando a aplicação de medida exemplar com o rigor cabível."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.