PSDB no Senado quer ouvir Chioro sobre consultoria

O líder do PSDB no Senado, Aloysio Nunes Ferreira (SP), apresentou requerimento para ouvir o novo ministro da Saúde, Arthur Chioro, na Comissão de Meio Ambiente e Fiscalização e Controle (CMA) da Casa. O pedido tem por objetivo, segundo o tucano, questionar o novo ministro a respeito da empresa de consultoria que atuava no setor - do qual ele era um dos acionistas - e que recebia recursos públicos.

RICARDO BRITO, Agência Estado

04 de fevereiro de 2014 | 19h57

Para Aloysio Nunes Ferreira, há informações que precisam ser esclarecidas sobre a empresa. Chioro está sob investigação do Ministério Público paulista e, antes de assumir o ministério, transferiu sua participação acionária na Consaúde Consultoria, Auditoria e Planejamento Ltda para sua mulher.

"É preciso que sejam conhecidas as ações da empresa do ministro e quais as suas fontes de recursos, mesmo que sejam a partir de transferências municipais cuja fonte primária é o Governo Federal", afirmo o tucano, em nota. O pedido do líder tucano é de convite: significa que, mesmo se for aprovado, o convidado pode se recusar a ir.

Tudo o que sabemos sobre:
SenadoPSDBChioro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.