PSDB não vai apressar escolha de candidato

O ministro das Comunicações, Pimenta da Veiga, disse que o PSDB não deve apressar o processo de escolha de seu candidato à Presidência da República em função do crescimento do nome da governadora do Maranhão, Roseana Sarney, nas pesquisas feitas com potenciais candidatos. "Não há porque se precipitar. O importante é manter a unidade do partido", afirmou Pimenta. De acordo com seu raciocínio, existe hoje um candidato que está recebendo de 25% a 30% dos índices das pesquisas e o espaço restante está sendo ocupado hora por um e hora por outro potencial candidato. "Há um espaço para ser ocupado inclusive pelo candidato do governo", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.