PSDB não pode esperar por Lula para definir candidato, diz FHC

O PSDB não poderá esperar uma definição se o presidente Luiz Inácio Lula da Silva concorrerá às eleições em outubro para definir seu próprio candidato. A avaliação é do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que garante que o processo no seu partido será "independente" da definição de Lula. "Não podemos misturar as coisas e nem depender do que Lula fará?, afirmou.Fernando Henrique, que está em Genebra para reuniões na Organização das Nações Unidas (ONU), continua se recusando a dizer se prefere José Serra ou Geraldo Alckmin como candidato pelo PSDB. "Ambos tem chances de ganhar", diz. Para o ex-presidente, a questão que estará colocada na eleição será a "falta de competência e eficiência da atual administração para governar, além da questão da corrupção". Perguntado se Lula teria chances de ganhar as eleições, Fernando Henrique apenas disse: eu duvido. Apesar de declarar que o PSDB não pode esperar uma definição do PT, Fernando Henrique acha que seu partido não pode se precipitar na escolha de quem irá concorrer. "Não adianta sair à rua agora", disse, garantindo que o PSDB estará unido. "Não vejo disposição de nenhum dos possíveis candidatos em criar problemas", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.