PSDB monta estratégia para ouvir Dirceu sobre caso Waldomiro

O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio Neto (AM), anunciou hoje que vai apresentar hoje requerimento de convite ao presidente do PSDB, José Serra, e ao ministro da Casa Civil, José Dirceu, para que compareçam à Comissão de Fiscalização e Controle para prestar esclarecimentos sobre as suspeitas que pesam sobre eles. De Serra, Virgílio quer esclarecimentos sobre as suspeitas de que o subprocurador da República José Roberto Santo - que negociou perdão judicial em troca de uma fita com o empresário Carlos Ramos, o Carlinhos Cachoeira - agiria em nome do presidente do PSDB; de Dirceu, respostas ao suposto envolvimento com Waldomiro Diniz. "Está na hora de José Dirceu se explicar", disse Virgílio. "De botar os pingos nos iis".Ele disse que Serra aceitou o convite. Com essa estratégia, Virgílio quer fazer com que a bancada governista aceite o convite a Dirceu. "Se querem que o Serra fale, que deixem o Dirceu falar", afirmou o líder.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.