PSDB lança portal para publicar caravanas de Aécio

Após senador ser eleito presidente nacional da sigla, partido divulga plataforma digital que mostrará viagens do tucano pelo País a partir de julho

atualizado às 14h20, Erich Decat - Agência Estado

21 de maio de 2013 | 14h09

Brasília - Três dias após o senador Aécio Neves (MG) ser alçado à presidência do PSDB, o partido começou a por em prática mudanças no setor de comunicação da sigla e lançou nesta terça-feira, 21, um novo portal na internet.

 

A plataforma digital se chamará "Conversa com brasileiros" e servirá como fonte de informação sobre as caravanas que o senador pretende realizar pelo País a partir de julho, conforme revelou o Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, na última sexta-feira. Entre 1993 e 1996, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva comandou as "Caravanas da Cidadania", percorrendo 359 cidades em 26 Estados com o objetivo de aprofundar os conhecimentos dos políticos sobre a realidade brasileira.

 

"A ideia é que a partir de julho nós tenhamos pelo menos quinzenalmente uma agenda para mostrar o Brasil real, até para contrapor ao Brasil virtual, da propaganda. E mostrar experiências que deram certo. E construir um programa que não sairá de um gabinete, mas dessas viagens", afirmou Aécio na semana passada.

 

Na convenção do partido do último sábado, 19, o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso defendeu que os correligionários passem a "amassar o barro com os pés" numa referência à necessidade de o partido se aproximar da população.

 

Além dos relatos das caravanas, o novo portal criará links para estimular o diálogo entre os integrantes da legenda e representantes da sociedade. A nova ferramenta será dividida em duas grandes áreas, "Acompanhe nossas conversas" e "Converse com a gente".

 

De acordo com integrantes do partido, bastará o internauta enviar uma pergunta por meio de um formulário simples, escolher o tema de interesse e aguardar o aviso com o link para a resposta da questão. Também há a área "Compartilhe", que aposta no engajamento do cidadão. Com um clique, o conteúdo pode ser compartilhado nas redes sociais pessoais de quem navega, mais uma maneira de ampliar essa conversa.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Bolsa FamíliaboatosMaranhão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.