PSDB lança Alckmin para suceder a Serra

Evento será um contraponto à convenção do PT em Brasília, que ocorre no mesmo horário

Roberto Almeida, O Estado de S.Paulo

13 de junho de 2010 | 10h10

Com presença confirmada do presidenciável José Serra, Geraldo Alckmin torna-se neste domingo, 13, em convenção do PSDB paulista, o candidato oficial do partido a governador. O evento, ao custo de R$ 180 mil, será um contraponto à convenção do PT em Brasília, no mesmo horário, e ratificará a aliança com o PMDB no Estado, com o candidato ao Senado Orestes Quércia.

 

Veja também:

Acompanhe a cobertura em tempo real do lançamento de Alckmin

 

Em seu discurso, no auditório da Assembleia Legislativa, Alckmin falará, basicamente, de experiência e capacidade administrativa. "Vamos mostrar o que ele fez e que pretendemos avançar mais", afirmou Sidney Beraldo, coordenador da campanha.

 

Apesar da vantagem sobre Aloizio Mercadante (PT) - 52% das intenções de voto contra 13% em março, em março -, Alckmin diz que trabalhará como se tivesse 1%. A campanha, segundo o comitê tucano, deve custar R$ 50 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
Jose SerraGeraldo AlckminPSDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.