PSDB irá aprofundar conversas com PFL para escolha do vice

O secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico de São Paulo, João Carlos de Souza Meirelles, um dos principais articuladores políticos do governador Geraldo Alckmin (PSDB), disse em entrevista coletiva nesta terça-feira que após anunciar a escolha do governador paulista para disputar a Presidência da República pela legenda, o PSDB aprofundará conversas com o PFL para estabelecer o candidato a vice-presidente da chapa. Segundo o secretário, a escolha do vice deverá recair sobre o nome que tenha representação nacional, em consonância com o projeto de desenvolvimento que o partido pretende apresentar. Assim, Meirelles indicou maior propensão para que o vice de Alckmin seja o de uma liderança política fora do eixo Sul-Sudeste, onde o governador paulista concentra sua maior taxa de intenções de voto, segundo pesquisas.Além do PFL, os tucanos estariam mantendo conversas com PV, PDT, PPS. "Estamos conversando com enorme respeito, porque existe a possibilidade de esses partidos terem candidatos no primeiro turno, caso do PPS, que lançou o deputado Roberto Freire (PE)", ressalvou o secretário. Sobre uma aproximação com o PMDB, Meirelles informou que a decisão "não depende mais dos tucanos", pois os peemedebistas farão prévia no próximo domingo, dia 19, para escolher seu candidato presidencial. "Queremos evoluir o diálogo para somarmos forças com os partidos que não estarão no segundo turno", concluiu.

Agencia Estado,

14 de março de 2006 | 16h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.