PSDB espera de Agnelo 'mesma segurança' de Perillo

O líder do PSDB na Câmara, Bruno Araújo (PE), afirmou nesta terça que espera que o governador do Distrito Federal, o petista Agnelo Queiroz, demonstre a mesma segurança que o governador do seu partido, o goiano Marconi Perillo, apresentou em depoimento à CPI do Cachoeira. Agnelo depõe nesta quarta na comissão que investiga a relação do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com agentes públicos e privados.

RICARDO BRITO, Agência Estado

12 de junho de 2012 | 20h31

Os tucanos comemoraram o resultado das nove horas de depoimento de Perillo à CPI, ressaltando que as investigações contra ele são, a partir de agora, página virada. "Vamos nos preparar amanhã para ver se o PT tem a mesma segurança com o seu governador", afirmou Araújo, na saída do depoimento. "Tem que ter a mesma clareza de mostrar, como o governador de Goiás, que não há relação objetiva com o crime organizado ou que não cedeu a pressões do Cachoeira ou da empreiteira Delta no seu governo", completou.

O líder tucano, entretanto, disse que a comissão está "perdendo um tempo absolutamente valioso" ao insistir na apuração contra governadores do que ir atrás dos milhões de reais em supostas irregularidades da Delta Construções, que foi declarada inidônea pelo governo federal.

Tudo o que sabemos sobre:
CPICachoeiraAgneloPSDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.