PSDB entra com representação contra Instituto Sensus

O PSDB entrou hoje no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com uma representação contra o Instituto Sensus que divulgou ontem pesquisa de intenção de votos para presidente da República. O partido alega que o Instituto descumpriu o prazo estipulado por lei para divulgação do resultado da pesquisa.

ELIZABETH LOPES E JÚLIA DUAILIBI, Agência Estado

14 de abril de 2010 | 15h45

A legislação determina que o resultado seja divulgado 5 dias depois da inscrição da pesquisa no TSE. O Sensus inscreveu o levantamento no dia 5, mas alterou dados no dia 9. Portanto, na avaliação do PSDB, a pesquisa só poderia ser divulgada hoje, dia 14.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçãopesquisaSensusPSDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.