PSDB e DEM farão nova representação contra Renan

O PSDB e o Democratas (DEM) apresentam hoje à Mesa do Senado representação contra o presidente da Casa, Renan Calheiros, pela denúncia de que teria usado um assessor de seu gabinete para tentar espionar os senadores Demostenes Torres (DEM-GO) e Marconi Perillo (PSDB-GO). A oposição quer atrair o PT para apoiar ações que apressem o afastamento de Renan do comando do senado. A líder do PT, Ideli Salvati (SC), se reúne daqui a pouco a bancada do partido para discutir como os petistas vão atuar em mais esta denúncia contra o Renan. O líder do PFL, senador José Agripino (RN), também vai reunir a bancada antes do almoço para avaliar a situação. Será um dia de muitas conversas entre líderes da base aliada e da oposição com o objetivo de restaurar o clima de normalidade na Casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.