Agência Estado
Agência Estado

PSDB divulga nota de repúdio às acusações de Sérgio Machado

Partido afirma que as denúncias do ex-presidente da Transpetro são falsas e critica delações premiadas como instrumento de manipulação da verdade

Julia Lindner, O Estado de S.Paulo

15 de junho de 2016 | 18h36

BRASÍLIA - O PSDB divulgou uma nota repudiando as acusações feitas pelo delator Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, envolvendo lideranças do partido, nesta quarta-feira, 15. A legenda afirmou que as denúncias de Machado são falsas. "Delações premiadas são uma conquista da sociedade e não podem se transformar em acusações sem provas, em instrumento de manipulação da verdade e em esconderijo de interesses inconfessáveis de criminosos."

"As mentiras ditas e que fazem referência a nomes do PSDB na articulação e recebimento de recursos de caixa 2, na campanha eleitoral de 1998, são afirmações feitas no desespero de quem está tentando se livrar da responsabilidade pelos crimes que cometeu. São afirmações descabidas e contraditórias, que não guardam qualquer relação com os fatos políticos da época", diz o texto.

Machado revelou a existência de um grande esquema de corrupção quando ele ainda era líder do PSDB no Senado, em 1998. A eleição de Aécio no comando dos trabalhos legislativos servia para estruturar a base de apoio ao então presidente da República, Fernando Henrique Cardoso no Congresso. O próprio Aécio, de acordo com Machado, teria recebido na época R$ 1 milhão em dinheiro vivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.