PSDB dissolve diretório regional no Paraná

A comissão executiva nacional do PSDB decidiu ontem à noite dissolver o diretório regional do partido no Paraná, presidido pelo deputado Luís Carlos Hauly. A decisão foi tomada em razão de queixa do deputado Basílio Vilani de que houve ilegalidade na convenção do dia 26 de julho, quando Hauly foi eleito presidente, em substituição ao senador Álvaro Dias, que responde a processo interno de expulsão do partido. Hauly disse que irá recorrer da decisão junto ao diretório nacional do PSDB e também à Justiça. Segundo o deputado, o prazo de contestação previsto no estatuto do partido é de três dias, o que não foi observado por Vilani. Hauly acusa o presidente nacional do PSDB, deputado José Aníbal (SP), de estar liquidando o PSDB no Paraná para entregá-lo às mãos do PFL. "Pode ter alguém no partido tão governista e fernandista do que eu. Mas nenhum mais do que eu", disse Hauly, acrescentando que a direção tucana está fazendo a opção pelos aliados errados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.