PSDB deve votar em bloco pela cassação de Calheiros

O PSDB deve fechar questão em favor da cassação do mandato do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). A executiva nacional do partido iniciou uma reunião no começo da tarde e, por enquanto, é o único partido a tomar uma posição mais dura em relação ao presidente da Casa. O senador Sérgio Guerra (PSDB-PE) disse que apenas o senador João Tenório (PSDB-AL), suplente do governador de Alagoas Teotônio Vilela, estará liberado para votar como quiser. Os demais tucanos terão o compromisso de votar com o relatório que recomenda a perda de mandato de Calheiros. Os senadores do PT fazem hoje à tarde uma reunião fechada para discutir o julgamento do caso, mas o partido não deve anunciar uma posição oficial, uma vez que a bancada está dividida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.