PSDB, DEM, PMDB e PT levam 52% do repasse do fundo

1ª parcela corresponde a R$ 11,3 mi; distribuição dos recursos obedece ao tamanho da bancada de deputados

29 Janeiro 2008 | 14h31

O PMDB, PSDB, DEM e PT receberam mais da metade da primeira parcela (52%) do fundo partidário repassado aos partidos políticos, segundo o Tribunal Superior Eleitoral. A transferência só será feita até que deputados e senadores aprovem o Orçamento Geral da União deste ano. A primeira parcela corresponde a R$ 11,3 milhões.   Como a distribuição dos recursos é feita obedecendo ao tamanho da bancada de deputados federais de cada partido, o PT leva a maior fatia do fundo. Em seguida vem o PMDB, o PSDB e O DEM.      O PCO e o PSTU não vão receber nada da cota de janeiro por estarem inadimplentes com a Justiça Eleitoral.

Mais conteúdo sobre:
TSE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.