PSDB critica ato de procuradores

O líder do PSDB, senador Arthur Virgílio (AM), divulgou ontem nota criticando decisão dos procuradores de pedir impeachment do presidente do STF, Gilmar Mendes. Para ele, é "preocupante" que estejam redigindo representação "por suposto crime de responsabilidade". "Críticas a uma decisão judicial são normais numa democracia. Mas não é admissível que justamente guardiães da lei contra ela se insurjam, com risco de criar crise institucional", diz. "Não se justifica nenhuma tentativa de desmoralização da mais alta corte da Justiça."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.