PSDB amplia bancada no Senado

O PSDB ganha mais um senador esta semana, voltando a somar uma bancada de 14 parlamentares, reduzida com a perda do ex-líder Sérgio Machado (CE), que se mudou para o PMDB. Com sete anos de atraso, Francisco Sartori, produtor rural e comerciante, que já foi caminhoneiro e agricultor, assume a vaga do senador cassado Ernandes Amorim (PPB-RO). A demora da Justiça em julgar o caso e garantir a diplomação foi tamanha que o dono da vaga, senador Amir Lando (PMDB-RO), desistiu de esperar. Lando disputou e venceu nova eleição para o Senado em 1998, deixando a vaga, conquistada quatro anos antes, para o suplente Sartori. "Serei senador por 11 meses, mas briguei muito por isto e assumiria o posto nem que fosse por um minuto", disse Sartori, que se apresentou aos colegas na pré-convenção do PSDB, hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.