PSBD-SP determina ´tolerância zero´ com quadros regionais

O PSDB de São Paulo quer melhorar a organização dos quadros regionais da sigla no Estado com o objetivo de se preparar para as eleições municipais de 2008. Por essa razão, o presidente do diretório estadual da legenda, deputado Antonio Carlos Mendes Thame, determinou "tolerância zero" com os municípios que não estruturarem bem o partido. Em reunião realizada com a executiva estadual da legenda, nesta terça-feira, Mendes Thame disse que "os militantes terão a obrigação de consolidar o partido nas suas cidades para as disputas eleitorais". De acordo com número de dezembro de 2006, o PSDB tem prefeitos em 211 municípios paulistas, de um total de 645 cidades. Também compõem a bancada do partido no Estado 134 vice-prefeitos e 1160 vereadores. A posição será firmada de março a maio em encontros regionais realizados em todo o Estado. O PSDB vai aproveitar também as reuniões para discutir estratégias eleitorais. Segundo o tucano, "esta é uma grande oportunidade para se fazer uma radiografia do Estado e catalisar o pensamento e posição do partido para as próximas eleições".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.