PSB recorre à Justiça contra PT em Recife

A coordenação jurídica da coligação da Frente Popular, que apoia a candidatura de Geraldo Julio (PSB) à prefeitura do Recife, ingressa nesta quarta com uma interpelação judicial contra a campanha do adversário petista, senador Humberto Costa, por calúnia e injúria, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE). O anúncio foi feito na noite desta terça por meio de nota em que considera que Geraldo Julio vem sendo "constantemente atacado, numa atitude agressiva e arrogante dos seus adversários".

ANGELA LACERDA, Agência Estado

11 de setembro de 2012 | 21h14

A medida é reação aos ataques do PT dizendo que Geraldo Júlio engana o eleitor, assumindo a coordenação de projetos governamentais que não lhe caberiam. A acusação vem sendo veiculada no programa eleitoral gratuito e inserções na televisão. A coordenação jurídica protocolou uma reclamação eleitoral "em razão do desespero de alguns adversários" e solicitou uma audiência à Comissão de Propaganda do TRE com o objetivo de "evitar que o programa eleitoral seja desvirtuado e transforme-se em espaço para ataques e difusão de inverdades".

A coordenação jurídica da coligação Para o Recife Seguir Mudando, de apoio a Humberto Costa, disse também ser contrária e ataques pessoais e inverdades e contestou as declarações dos adversários. "O que se vê é uma tentativa de intimidação e constrangimento da Justiça, que está pronta para analisar e julgar as demandas que foram e que serão interpostas por todos os partidos e coligações, sem privilegiar qualquer candidato", afirmou. Ao entender a falta de necessidade de uma reunião na Comissão de Propaganda, os advogados afirmam que a nota divulgada pela Frente Popular "soa como uma clara tentativa de censura".

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012RecifePSBPT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.