PSB questiona posse de 2º colocado em caso de cassação

Segundo o partido, em caso de cassação, deveria ser convocado uma nova eleição para escolha do substituto

Mariângela Gallucci, de O Estado de S. Paulo,

24 de março de 2009 | 19h41

O PSB protocolou nesta terça-feira, 24, uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) questionando as decisões do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que determinam a posse do segundo colocado no caso de o governador e o vice serem cassados. Segundo o partido, em caso de cassação, deveria ser convocado uma nova eleição para escolha do substituto.

 

O TSE já se manifestou favoravelmente à posse do segundo colocado em dois casos. O primeiro deles foi na cassação do mandato de Cássio Cunha Lima como governador da Paraíba. O outro caso foi na cassação do mandato de Jackson Lago como governador do Maranhão.

Tudo o que sabemos sobre:
PSB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.