PSB deixa prefeitura de Salvador por candidatura própria

O secretário municipal de Emprego e Renda de Salvador e presidente do diretório municipal do PSB, Paulo Mascarenhas, entregou hoje seu cargo ao prefeito João Henrique Carneiro (PMDB). O ato marcou a saída do PSB do governo da capital baiana, decidida em reunião do partido na noite de ontem, quando ficou acordado que a deputada federal Lídice da Mata, ex-prefeita da cidade, vai concorrer novamente ao cargo nas próximas eleições contra o atual prefeito. Apesar de deixar o cargo, Mascarenhas afirma que seu partido não vai fazer oposição a João Henrique, ao contrário do PCdoB, que ao deixar o governo municipal para lançar a pré-candidatura da vereadora Olívia Santana à prefeitura, passou a integrar a oposição ao atual executivo municipal. O prefeito de Salvador concordou com a saída de Mascarenhas, mas pediu para que ele ficasse no cargo até que o próximo ocupante seja escolhido. O pedido foi aceito pelo representante do PSB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.