PSB apóia aliança com PT e PSDB à prefeitura de BH

Candidato socialista, Márcio Lacerda é apoiado pelo prefeito Pimentel e o governador de Minas, Aécio Neves

Reuters

29 de abril de 2008 | 19h16

Em reunião de sua Executiva Nacional, o PSB firmou posição de ampliar o arco de alianças em Minas Gerais, incluindo o PT e o PSDB em torno da candidatura a prefeito de Márcio Lacerda. O candidato socialista é apoiado pelo atual prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel, do PT, e pelo governador de Minas Gerais, Aécio Neves, do PSDB.     Veja Também:  Aécio: 'PT vê fanstasmas PT de BH desafia direção e mantém acordo com Aécio  PT veta aliança com PSDB em BH por causa de Aécio Mas em reunião da Executiva Nacional, o PT vetou aliança com o PSDB em Minas Gerais, apesar da posição favorável do diretório estadual do partido. Para o PT nacional, uma aliança PT-PSDB em Belo Horizonte extrapola a dimensão municipal e pode beneficiar Aécio Neves, um dos tucanos que aspiram disputar a eleição presidencial de 2010. O PSB, ao contrário, ratificou decisão tomada pelo diretório estadual de Minas Gerais e recomendou a ampliação das alianças. A posição do PSB teve o apoio do deputado Ciro Gomes (PSB), potencial candidato à sucessão de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2010, e do governador de Pernambuco e presidente nacional do partido, Eduardo Campos.

Tudo o que sabemos sobre:
Aliançaeleições municipaisPSDBPT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.