Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

PSB acha que governo tomou medidas adequadas no caso Waldomiro

A bancada do PSB na Câmara avaliou hoje, após uma longa reunião, que até agora o governo tomou as medidas adequadas para apurar o caso Waldomiro Diniz. O partido, no entanto, não tomou uma decisão final a respeito de apoiar ou não uma CPI. Segundo o líder do partido, deputado Renato Casa Grande (ES), o PSB tomará uma posição conjunta - Câmara e Senado - depois de uma reunião dos líderes com o presidente do partido, Miguel Arraes. Esta reunião deverá acontecer ainda nesta terça-feira. Ele adiantou que se as medidas adotadas pelo governo tiverem resultado, não será necessário a criação de uma CPI.O deputado considerou que o assunto está restrito ao Rio de Janeiro e à Loterj, e que não há indícios de envolvimento do governo federal no episódio. "A única forma de o governo proteger e se diferenciar dos outros governos é radicalizar na apuração. Se não, corre o risco de ser confundido com os governos anteriores", alertou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.