PRTB lança pré-candidatura de Levy Fidelix à Presidência

Lançamento de pré-candidatura de Fidelix ocorreu durante a convenção estadual do partido

Ricardo Rodrigues, de O Estado de S.Paulo

10 Maio 2010 | 17h38

O Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) lançou nesta segunda-feira, 10, em Maceió, o nome do seu presidente nacional, Levy Fidelix, como pré-candidato à Presidência da República, nas eleições deste. A solenidade de lançamento de pré-candidatura de Fidelix ocorreu durante a convenção estadual do partido, realizada no auditório Hotel Enseada, na Praia de Pajuçara. Durante a convenção, Levy Fidelix disse que disputará a Presidência em um projeto que se opõe às candidaturas já postas de Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV).

 

"Não sou candidato de esquerda, nem da direita, minha candidatura é de centro e nasce em um partido pequeno, mas que tem condições de ganhar e mudar este país para melhor", afirmou Fidelix. Segundo ele, o PRTB busca ainda alianças com outros partidos, como o Partido Trabalhista Cristão (PTC) e o Partido Social Liberal (PSC). "Estamos em entendimento com o presidente nacional do PTC, Daniel Tourinho, para que ele indique o candidato a vice da nossa chapa à Presidência e em contrapartida nós indicaremos o candidato a vice na chapa deles para o governo de São Paulo", afirmou Fidelix.

 

Em entrevista à imprensa, Levy Fidelix disse ainda que o seu partido deu uma grande contribuição ao País, elegendo o ex-presidente da República, Fernando Collor, senador por Alagoas. "O senador Collor foi eleito por nosso partido, mas precisava de um partido maior para alçar voo. Por isso nós compreendemos e apoiamos a saída dele para o PTB", afirmou Fidelix. "Nessa ocasião, eu disse ao ex-presidente Collor que nosso partido era uma espécie de autorama e ele precisava mesmo de um autódromo como o de Interlagos para poder declarar em sua carreira", acrescentou o presidente do PRTB.

 

Chapa puro sangue

 

De acordo com o presidente do PRTB em Alagoas, Adeílson Bezerra, a convenção serviu também para definir os destinos do partido no Estado. "Além de apoiar Fidelix nacionalmente, o PRTB deve lançar uma chapa puro sangue na majoritária, com candidatura ao governo de Alagoas e ao Senado", afirmou Bezerra. Segundo ele, o pré-candidato ao governo está entre Ademir Cabral e Jefferson Piones. Para o Senado, o partido deve escolher entre três pré-candidatos: Afonso Lacerda, Nildo Leite e Marcos André. "Dos três, nós deveremos lançar um candidato a senador, porque só temos 2 minutos de propaganda na TV".

 

Ainda de acordo com Adeílson Bezerra, o que motiva o PRTB a lançar candidatura no Estado é a necessidade de uma alternativa as candidaturas locais já consolidadas "Todas estas chapas já formadas possuem uma rejeição muito forte. O PRTB sente a necessidade de construir um projeto independente para o Estado de Alagoas e com o apoio do nosso presidente nacional vamos lançar esta chapa em Alagoas", frisou. Nas proporcionais, o PRTB lançará 20 candidatos à Assembleia Legislativa e 12 à Câmara Federal. Entre os que disputarão a Assembleia está o deputado estadual João Beltrão que busca a reeleição.

Mais conteúdo sobre:
eleições2010 Fidelix PRTB Maceió

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.