Provão municipal de Santos tem 94% de reprovação

Nada menos que 94% dos alunos matriculados nas 6ªs séries das escolas municipais de Santos foram reprovados no provão realizado no mês passado pela Secretaria da Educação, que resolveu retomar este ano o método da Progressão Avaliada, em que os estudantes podem repetir de série, ao contrário da Progressão Continuada, adotada nos estabelecimentos de ensino estaduais, em que ninguém é reprovado.Os números deixaram os educadores e autoridades de ensino alarmados, levando-se em conta ainda que 1.493 estudantes de 3ª a 8ª séries do ensino fundamental e dos cursos de educação de jovens e adultos demonstraram ser analfabetos.Durante a apresentação dos resultados, a secretária da Educação, Jossélia Fontoura, tentou justificar o baixo rendimento dos estudantes, lembrando que o nervosismo e a tensão devem ter pesado muito, "porque a grande maioria estava desacostumada a fazer provas", argumento que não convenceu o prefeito Beto Mansur (PPB). "Ou a prova foi muito difícil, ou a criançada não está sabendo nada", afirmou Mansur, prometendo encaminhar os resultados à Secretaria de Educação do Estado e também ao Ministério da Educação para eventuais providências, "porque não pretendemos esconder nada debaixo do tapete", disse.Um universo de 36 mil estudantes da rede municipal santista foi submetido à primeira avaliação bimestral no mês passado. Não só os 20 mil alunos do ensino fundamental, mas também os estudantes dos cursos profissionalizantes e até as 7,5 mil crianças das escolas de educação infantil passaram por testes, que tiveram duração de três dias. No próximo dia 26 de junho, será realizada a segunda avaliação bimestral.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.