Protógenes anuncia filiação partidária até 1º de setembro

Ex-delegado da PF que conduziu a operação Satigraha ainda não definiu de qual partido fará parte

AE

24 de agosto de 2009 | 16h18

O ex-delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz anunciará até 1º de setembro a qual partido político vai se filiar, com vistas às eleições de 2010. Desde que deixou a polícia, após fazer denúncias contra o banqueiro Daniel Dantas, ele tem sido cortejado pelo PT, PDT, PV e PSol. Protógenes escreveu nesta segunda-feira, 24, em seu blog na internet, no endereço www.blogdoprotogenes.com.br, um texto com críticas ao cenário político nacional em que anuncia a data de sua filiação.

 

"Faltam apenas oito dias para começarmos a nossa satiagraha brasileira contra a corrupção, quando anunciarei para o Brasil a minha filiação político partidária", escreveu o ex-delegado, em referência ao nome da operação da PF que o tornou conhecido nacionalmente. "A transformação social se passa no campo político."

 

Na postagem, Protógenes fala desde o imperador romano Julio Cesar até o pensador Platão. E cita como exemplo de protagonistas de "espetáculos vexatórios" no Congresso os senadores Fernando Collor (PTB), Renan Calheiros (PMDB) e Tasso Jereissati (PSDB).

 

Protógenes faz ainda uma convocação aos eleitores para que tirem do poder os responsáveis pela crise no Congresso Federal, em uma referência indireta ao pleito do próximo ano. "Precisamos mudar esse quadro. Nossos políticos atuais envolvidos em possíveis falcatruas não perdem por esperar", escreveu. "Convoco a maioria de homens e mulheres honestos a assumirem seus papéis para tirar os corruptos das nossas administrações públicas."

Tudo o que sabemos sobre:
ProtógenesfiliaçãoPDT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.