Protestos reúnem cerca de 460 mil pessoas nas principais capitais

Com base em números divulgados pelas polícias militares estaduais e organizadores de movimentos, cerca de 460 mil pessoas foram às ruas nas capitais brasileiras protestar contra a corrupção e pedir a saída da presidente Dilma Rousseff. O maior contingente de pessoas se concentrou, mas uma vez, em São Paulo, com 275 mil manifestantes, de acordo com estimativas da Política Militar.

MÁRCIO RODRIGUES, Estadão Conteúdo

12 de abril de 2015 | 19h50

Ainda assim, o número na capital paulista é bastante inferior ao verificado em 15 de março, quando a PM disse que cerca de 1 milhão de pessoas estiveram na Avenida Paulista e nos arredores para protestar. Em Brasília, outras 25 mil pessoas foram às ruas, segundo a PM. No mês passado, foram cerca de 40 mil manifestantes.

Em duas capitais, em Salvador (BA) e Vitória (ES), a PM não fez projeções. Assim, os organizadores estimam que 2 mil pessoas estiveram nos protestos na capital baiana, enquanto 5 mil participaram das manifestações em Vitória.

Mais conteúdo sobre:
protestosbalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.