Protestos reúnem cerca de 460 mil pessoas nas principais capitais

Com base em números divulgados pelas polícias militares estaduais e organizadores de movimentos, cerca de 460 mil pessoas foram às ruas nas capitais brasileiras protestar contra a corrupção e pedir a saída da presidente Dilma Rousseff. O maior contingente de pessoas se concentrou, mas uma vez, em São Paulo, com 275 mil manifestantes, de acordo com estimativas da Política Militar.

MÁRCIO RODRIGUES, Estadão Conteúdo

12 Abril 2015 | 19h50

Ainda assim, o número na capital paulista é bastante inferior ao verificado em 15 de março, quando a PM disse que cerca de 1 milhão de pessoas estiveram na Avenida Paulista e nos arredores para protestar. Em Brasília, outras 25 mil pessoas foram às ruas, segundo a PM. No mês passado, foram cerca de 40 mil manifestantes.

Em duas capitais, em Salvador (BA) e Vitória (ES), a PM não fez projeções. Assim, os organizadores estimam que 2 mil pessoas estiveram nos protestos na capital baiana, enquanto 5 mil participaram das manifestações em Vitória.

Mais conteúdo sobre:
protestosbalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.