Protestos contra Lerner na visita de Clinton a Foz do Iguaçu

Quatro manifestantes foram presos na tarde desta quarta-feira durante a visita do ex-presidente norte-americano Bill Clinton e do ator Anthony Hopkins a Foz do Iguaçu.Os detidos protestavam contra a presença do governador do Paraná, Jaime Lerner, que aguardava a comitiva. Houve tumulto e resistência à prisão. Todos foram enquadrados por calúnia e difamação.A manifestação foi reprimida meia hora antes do desembarque da comitiva norte-americana. Lerner acusou a imprensa de incitar as manifestações contra o governo.Segundo o governador, os manifestantes são sempre as mesmas pessoas contratadas pela oposição para fazer tumulto. Até o final da tarde, os quatro manifestantes - entre professores e sindicalistas - não haviam sido liberados.Clinton desembarcou às 15h no aeroporto de Foz do Iguaçu e seguiu direto para as Cataratas do Iguaçu, onde fez um passeio pelas trilhas, tirou fotos e brincou com os quatis - animal símbolo do Parque Nacional do Iguaçu. O ex-presidente se encantou com a beleza do maior conjunto de quedas d´água do planeta.Há quatro anos, por motivos não esclarecidos, ele cancelou a viagem que faria à cidade durante visita oficial de dois dias ao Brasil, em 1997. O vôo até Foz foi suspenso pouco antes da chegada ao País. Suspeitou-se, na época, que as causas seriam as suspeitas de terrorismo que recaem sobre a região de fronteira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.