Protesto político barra veículos militares na Tailândia

A tensa crise política na Tailândia espalhou-se de Bangcoc para o nordeste do país nesta quarta-feira, com manifestantes contrários ao governo bloqueando um trem que transportava veículos militares. Segundo os participantes do ato, os veículos seriam usados na repressão a protestos na capital do país.

AE-AP, Agência Estado

21 de abril de 2010 | 21h35

O confronto ocorre em um momento no qual manifestantes conhecidos como "camisas vermelhas" e forças locais de segurança protagonizam um impasse potencialmente explosivo no centro de Bangcoc. Os manifestantes, em sua maioria procedentes de áreas rurais, exigem do primeiro-ministro, Abhisit Vejjajiva, que dissolva o Parlamento e convoque novas eleições imediatamente.

Em 10 de abril, uma tentativa fracassada de dispersar os manifestantes resultou no pior episódio de violência política em 25 anos no país, deixando 25 mortos e mais de 800 feridos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.