Protesto no Rio defende ‘ficha limpa’, que pode ir a voto nesta semana

Projeto receberá na terça-feira um pedido de urgência para acelerar sua tramitação

O Estado de S.Paulo

03 Maio 2010 | 09h00

Um protesto pela aprovação do projeto "ficha limpa" reuniu 500 pessoas, neste domingo, 2, na zona sul do Rio. Mais de 1,6 milhão de assinaturas foram coletadas em todo o País pela aprovação da proposta, que barra a candidatura de políticos condenados pela Justiça. O texto está parado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Amanhã, porém, será colocado em votação um pedido de urgência ao projeto assinado pelos líderes partidários. Se ele for aprovado, a análise pela CCJ será dispensada e a proposta poderá ser votada em plenário esta semana.

 

A campanha "ficha limpa" foi lançada pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral em abril de 2008 e o projeto de lei, entregue ao presidente da Câmara, deputado Michel Temer (foto), no dia 29 de setembro. Seus defensores querem a rápida aprovação, para que possa valer já nas eleições deste ano.

Mais conteúdo sobre:
Ficha Limpa Rio de Janeiro protesto

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.