Protesto de policiais federais paralisa estrada em MG

Um protesto de policiais rodoviários federais causou congestionamento de cerca de dez quilômetros na BR-381, altura do quilômetro 499, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. A estrada liga a capital mineira a São Paulo.

ALINE RESKALLA, Agência Estado

08 de agosto de 2012 | 18h10

Até o início da tarde desta quarta-feira, os policiais pararam veículos de forma aleatória, pediram documentos e fizeram vistorias, para chamar a atenção às reivindicações da categoria. As abordagens foram feitas nos dois sentidos da pista, onde o fluxo de veículos ficou prejudicado também pela aglomeração de curiosos. Nesta quinta-feira, o movimento deve continuar em outro trecho da mesma rodovia, a exemplo das demais regiões metropolitanas.

A presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do Estado, Maria Inês Miranda, afirma que, para alcançar uma qualidade mínima no trabalho de fiscalização nas estradas, seria necessário dobrar o atual contingente de 800 agentes.

O delegado representante do sindicato, Luiz Cláudio Coimbra, diz que a PRF nunca esteve em situação tão precária. "Há postos sendo fechados por todo o País e, em Minas, a situação não é diferente. Falta efetivo. Precisamos de uma reestruturação urgente." De acordo com ele, o cronograma do protesto provavelmente resultará em greve nacional. "Do dia 13 ao 17, vamos deixar de cumprir algumas determinações. É bem provável que, se nenhuma posição for tomada, a partir do dia 20, nós iniciemos uma greve."

Tudo o que sabemos sobre:
ProtestoservidoresPRFMG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.