Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Protesto contra transgênicos em supermercado de Brasília

Cerca de 20 manifestantes entraram hoje em um supermercado de Brasília para protestar contra a falta de rótulos em mercadorias que em sua composição levam mais de 1% de ingredientes modificados geneticamente. ?Quero saber o que estou comendo!?, protestaram os ativistas ligados à Campanha Por um Brasil Livre de Transgênicos. Eles grudaram o adesivo com dizeres ?Transgênicos! Um risco desnece$$ário? nos produtos identificados na lista vermelha do Greenpeace, que preparou um guia do consumidor com exemplos de alimentos infantis, óleos, enlatados, sopas, cerais, biscoitos com ou sem transgênicos. No manifesto que distribuíram no supermercado, o grupo lembra que o governo tornou obrigatória a rotulagem ?sempre que o percentual de transgênicos ou derivados na composição do produto ultrapasse 1%?. Tais produtos devem exibir na embalagem um triângulo equilátero com a letra T no centro. O prazo para as indústrias cumprirem a determinação do governo era 1 de fevereiro deste ano. O protesto foi pacífico e acompanhado por policiais militares chamados pelo supermercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.