Wilton Junior
Wilton Junior

Protesto contra Previdência deve se transformar em 'Fora Temer' nesta quarta, 24

Batizado de 'Ocupa Brasília', a ideia inicial era que centrais sindicais de todo o País desembarcassem na capital federal para realizar uma marcha contra a reforma

Isadora Peron, O Estado de S.Paulo

21 de maio de 2017 | 21h20

BRASÍLIA - A oposição quer transformar uma manifestação convocada contra a reforma da Previdência para a próxima quarta-feira, 24, em um grande ato pela saída do presidente Michel Temer.

Batizado de “Ocupa Brasília”, a ideia inicial era que centrais sindicais de todo o País desembarcassem na capital federal para realizar uma marcha contra a reforma. Diante das revelações da delação dos empresários da JBS, porém, o protesto deve levantar a bandeira do “Fora Temer”.

“A expectativa é positiva. O movimento deve ser engrossado”, disse o líder da minoria no Senado, Humberto Costa (PT-PE).

Segundo ele, a oposição deve se reunir ainda nesta segunda-feira, 22, para traçar a estratégia que será adotada para pressionar o governo durante a semana.

“A nossa intenção é não votar nada”, afirmou o líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (SP). A exceção, diz, será a votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara da PEC que estabelece eleições diretas para presidente da República.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.